sábado, 30 de abril de 2011

On line.

Umas coisas minhas espalhadas por aí:



* Twitter: @Lyliloka



* Email's: lly.la@hotmail.com , llylasc@gmail.com ; llylasc@yahoo.com.br



Podem sondar...

Fatos históricos do dia 30 de abril.


-1932 - Com a abertura do ano letivo, a Faculdade de Direito do largo São Francisco, em São Paulo (Brasil), iniciou o tradicional trote: o cortejo de alunos ridicularizava vários líderes do tenentismo que apoiavam Getúlio Vargas. O povo gostou do que viu e engrossou o cortejo, transformando-o em manifestação política.
-Em 1945 adolfo Hitler suicida-se em Berlim.
-Fim da Guerra do Vietnã: Em 1975, quando se completa a retirada norte-americana, o regime sul-vietnamita entra em colapso, incapaz de conter as ofensivas dos vietcongs e do Vietnã do Norte. Até que, no dia 30 de abril, os comunistas tomam a cidade de Saigon, pondo fim à sangrenta Guerra do Vietnã. Saigon passa a se chamar Ho Chi Minh.
1987 - O ministro de Exterior da Nicarágua, o sacerdote Miguel d'Escoto, recebe o Prêmio Lenin da Paz.
1988 - Inaugura-se, em São Paulo (Brasil), um busto do poeta português Fernando Pessoa, no último dia dos trabalhos do Congresso Pessoano.
1993 - Um chinês apresenta publicamente "cigarros saudáveis" feitos de ervas medicinais, que cura a tosse, fortalecem o sistema nervoso e imunológico e concede maior resistência ao cansaço.
Dia Nacional da Mulher (Brasil)
Dia do Ferroviário

-Vinte e quatro primaveras atrás, no dia 30 de abril de 1987, às 21h de reflexão e alguns minutos de apreensão, nasce a criatura que vos fala com 3kg e mil coisas na cabeça.


Touro:

  • Palavra que o define : Força de Vontade
  • Verbo : Eu Tenho
  • Atracções : Peixes,Virgem,Leão,Capricórnio
  • Caracteristicas positivas : Paciente, Leal, Determinado, Prático, Amável
  • Caracteristicas negativas : Preguiçoso,Possessivo,Obstinado,Teimoso
  • Planeta de Exaltação : Lua

São do signo de touro:

Pixinguinha; Bono Vox; Zeca Baleiro; Robert Pattinson; Herbert Viana; Lulu Santos; Kirsten Dunst e eu.

Temporada das flores.

"Que saudade agora me aguardem,
Chegaram as tardes de sol a pino,
Pelas ruas, flores e amigos,
Me encontram vestindo meu melhor sorriso,
Eu passei um tempo andando no escuro,
Procurando não achar as respostas,
Eu era a causa e a saída de tudo,
E eu cavei como um túnel meu caminho de volta.

Me espera amor que estou chegando,
Depois do inverno a vida em cores,
Me espera amor nossa temporada das flores.

Eu te trago um milhão de presentes,
Que eu achava que já tinha perdido,
Mas estavam na mesma gaveta,
Que o calor das pessoas e o amor pela vida...

Me espera estou chegando com fome,
Preparando o campo e a alma pra as flores,
E quando ouvir alguém falar no meu nome,
Eu te juro que pode acreditar nos rumores.

Me espera amor que estou chegando,
Depois do inverno a vida em cores,
Me espera amor nossa temporada das flores."


Leoni



[Eu quero o calor das pessoas e o amor pela vida!]



sexta-feira, 29 de abril de 2011

Gatos; Desenhos; Vícios e Felicidade.


Na carne...

Só por hoje.


"Só por hoje eu não quero mais chorar
Só por hoje eu espero conseguir
Aceitar o que passou o que virá
Só por hoje vou me lembrar que sou feliz

Hoje já sei que sou tudo que preciso ser
Não preciso me desculpar e nem te convencer
O mundo é radical
Não sei onde estou indo
Só sei que não estou perdido
Aprendi a viver um dia de cada vez

Só por hoje eu não vou me machucar
Só por hoje eu não quero me esquecer
Que há algumas pouco vinte quatro horas
Quase joguei a minha vida inteira fora

Não não não não
Viver é uma dádiva fatal!
No fim das contas ninguém sai vivo daqui mas -
Vamos com calma !

Só por hoje eu não quero mais chorar
Só por hoje eu não vou me destruir
Posso até ficar triste se eu quiser
É só por hoje, ao menos isso eu aprendi"

Yeah!



Renato Russo.

Bruno.


"As pessoas não morrem, ficam encantadas

Guimarães Rosa.

Teu sorriso e a tua alegria nunca há de apagar.
Foi um prazer , Bruno!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Felinos.


"Me alimentaram
Me acariciaram
Me aliciaram
Me acostumaram...

Nós, gatos, já nascemos pobres
Porém, já nascemos livres..."


História de uma gata - Composição : Enriquez/Bardotti - versão: Chico Buarque

quarta-feira, 27 de abril de 2011

É que ainda não nasceu meu siso.

Estuprei minha orelha com uma tampa de perfume. o__O
16milímetros...



[Quero um par de alargadores descentes , pelaMordosdeuses...]


E minha mãe pensa: "Quando tu vais criar juízo?"

Duas doses.


Misturas de pai e mãe:

-Alguns bombons de alho;
-4 Limões;
-12 Pimentas;
-2 baldes de ácidos;
-Gentileza e Sinceridade em abundância;
-Uma colher de sopa de rabugice;
-2 xícaras de glamour;
-Companheiras pra vida inteira;
-Com um certo teor alcoólico no sangue.



E solteiras...

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Nhón.

Polianna.
Ela é linda demais e tem uma certa seleção pelas pessoas... é das minhas!

Gente linda, de domingo.





Pose

"Vamos passear depois do tiroteio
Vamos dançar num cemitério de automóveis Colher as flores que nascerem no asfalto Vamos todo mundo...tudo que se possa imaginar

Vamos duvidar de tudo o que é certo
Vamos namorar à luz do pólo petroquímico
Voltar pra casa num navio fantasma
Vamos todo mundo... ninguém pode faltar

Se faltar calor, a gente esquenta
Se ficar pequeno, a gente aumenta
E se não for possível, a gente tenta
Vamos velejar no mar de lama
Se faltar o vento, a gente inventa

Vamos remar contra a corrente
Desafinado coro dos contentes

Vamos velejar num mar de lama
Se faltar o vento a gente inventa

Vamos remar contra a corrente Desafinado coro dos contentes."

Engenheiros do Havaí

Acontece nas piores e melhores famílias.


Eu amo só as segundas-feiras que eu não tenho aula. [O resto, eu odeio.] ¨¬¬

Porque ontem arrasei em uma tatuagem na perna, feita pelo Ralado-Orkut : http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=14855997344544105454 - Olha, recomendo gente...

Minha mãe arrasou comigo também. Ficou @*%uta da vida por eu ter ido me riscar. [Rolou pânico.]
Depois fui almoçar na casa do meu amigo Marcos, -Porque eu não ia dá uma de lesa e voltar pra casa com a minha mãe enfurecida, que ela ia me engolir ou tentar arrancar meu coro com palha de aço.-[Selado] . E pela tarde fomos pro Mandala.
Arrasamos lá, comprando as catuabas em uma bodega fora e entrando pra beber nas latinhas de cervejas que havíamos esvaziado, já... hahahahahha
Ficamos 'bests' de um cara na van- Eu , Larissa e Danilo. Depois de um moto-taxista que ficou conversando com a gente, enquanto esperávamos o distroba.
Chegamos em casa mais de meia noite. o.O

Acordei Oito e meia, com o celular tocando:
Do outro lado...

-Alô, Laila ? Tu não vens pra uepa? O que tu tens?

- Eu? Nada. Não cagada. Nem tem aula hoje...

Cai a ligação...

Aí, o mais gordo dos gatos daqui de casa, subiu no forro do meu quarto e caiu...
Eu até tentei ajeitar o forro. Mas não deu certo.
Depois olho pra mesinha do lado da minha cama e vejo uma caixa de bombom garoto. [Lindo]
-Eu acho que a raiva da minha mãe passou, mas ela ainda não viu a tatuagem...
hhahahahaha
Meu pai ajeitou agora pela noite, o forro e já saiu pra trabalhar. Não falou nada a mais comigo...
- Ele é de boa, sem neura nenhuma.

Minha mãe que ainda não falou comigo. E vamos esperar , gente?!

Eu amo a minha mãe, mas se ela fica triste comigo, por eu ter feito tatuagem, não é culpa dela. Foi pelo contexto ao qual vivia, em que meu avô - militar- super rígido, tradicionalista e tudo mais , deixou uma visão fechada pra ela e as irmãs dela.

Acontece nas melhores famílias.
Ela supera isso. Eu garanto!
Um beijo. Boa semana.


Pichação.


Saí de casa limpa, voltei suja.
#Tatuada.

Surtei?
A quem perguntar...
R= Porque quando alguém me risca, eu me sinto bem. Só isso!!!



Post Scriptum: Depois posto o resto dela...

sábado, 23 de abril de 2011

Pode vir.




Quer conversar besteiras, comendo chocolate a noite inteira?
Então vem. E me dá um abraço sem eu esperar!
Grita qualquer coisa pra mim.
Inventa uma história.
Vem surtar comigo ...

Mas, tem que ser agora!

Vai lá.





"Eu quero amar, amar perdidamente. Amar só por amar."
Florbela Espanca




Rasga o céu, e traz pra mim O amor?

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Surtem. É feriado,doido!


Muita purpurina pra vocês que vão passar o feriado fazendo merda por aí. Muito glamour pro inferno que vocês irão passar até chegarem em seus destinos. Mas voltem vivos, POR FAVOR!!!
Porque eu vou arrumar meu quarto, ouvir algum som pobre, agarrar a poesia pelas pernas e sujar meu corpo com um presente de mim, pra mim mesma e vou ficar embrulhada esperando essa solidãozinha chata ir embora.
Okay?!




[Ah, comecei roer um livro que ganhei chamado " A poética marginal de Cazuza. Em busca de uma ideologia." de Digliane Melo - escritora paraense. ] Primeiro passo para o tcc... \o/\o/\o/

quinta-feira, 21 de abril de 2011

quarta-feira, 20 de abril de 2011

O casamento dos pequenos burgueses.




Ele faz o noivo correcto
E ela faz que quase desmaia
Vão viver sob o mesmo tecto
Até que a casa caia
Até que a casa caia

Ele é o empregado discreto
Ela engoma o seu colarinho
Vão viver sob o mesmo tecto
Até explodir o ninho
Até explodir o ninho

Ele faz o macho irrequieto
E ela faz crianças de monte
Vão viver sob o mesmo tecto
Até secar a fonte
Até secar a fonte

Ele é o funcionário completo
E ela aprende a fazer suspiros
Vão viver sob o mesmo tecto
Até trocarem tiros
Até trocarem tiros

Ele tem um caso secreto
Ela diz que não sai dos trilhos
Vão viver sob o mesmo teto
Até casarem os filhos
Até casarem os filhos

Ele fala de cianeto
E ela sonha com formicida
Vão viver sob o mesmo tecto
Até que alguém decida
Até que alguém decida

Ele tem um velho projecto
Ela tem um monte de estrias
Vão viver sob o mesmo tecto
Até o fim dos dias
Até o fim dos dias

Ele às vezes cede um afecto
Ela só se despe no escuro
Vão viver sob o mesmo tecto
Até um breve futuro
Até um breve futuro

Ela esquenta a papa do neto
E ele quase que fez fortuna
Vão viver sob o mesmo tecto
Até que a morte os una
Até que a morte os una

Chico Buarque
1977-1978



[Um dia, as coisas se ajeitam. E haverá sim, algum final feliz.]

Um grão de areia.


Não finja que eu não existo!

Minha criança.

É um menino ainda.
Basta um só momento, dentro de mim, pra eu te querer pra vida inteira.

Chora enquanto pede colo ou quando me afasto. Pede qualquer coisa pra comer, e quando lhe dou meus seios para alimentar-lhe, chupa-os selvagemente em uma atitude quase antropofágica.
Tem mania de criança: acaricia com seus dedinhos um mamilo, enquanto chupa o outro; Aperta, com toda sua força, seu corpo contra mim; Dorme com meu cafuné; Adora brincar entre minhas pernas; Me põe toda, em sua boca; Reina, grita, briga na cama.
Aconchega-se em meu colo estranhamente. Com todo cuidado possivel, agasalha-se para dormir feito um anjinho...É incrível , como meus braços , quase não suportam seu tamanho.
Meu menino crescido, meu amor!

O que me agrada, é ter teu cheiro impregnado a mim e sentir da tua boca meu gosto forte que rescende .
É só meu , esse menino esbelto , criado no tempo com o obro de minha reliz vivência terrena. Menino bem designado, de dentes e pênis sadios, e que agora dorme nu agarrado a mim, por ter medo de perder-me em sonhos...

É uma criança, crescida ainda!

domingo, 17 de abril de 2011

Quero matar um desejo.

Nos muros brotam amores e nasce poesia.
No meu corpo, eu risco o poeta.

Sem vandalismo. Não sou louca. Sou mulher.
Malina, malandra, má, mestiça. Decidida, de poucas cores e com um único amor.
Olhar atento e um milhão de vontades nas mãos.

Ácida e básica.




Eu acho que vou alí, riscar alguma poesia na pele e um sorriso no rosto.

Uma noite nossa. L.L.L


No retrato , Ly e Lira. Três mulheres do amor. Com muitos desejos e algum vinho no sangue.
Gente, essas datas de casaizinhos, nos deixam um tanto pra baixo, por isso modificamos O Dia Mundial do Beijo-13 de abril para A Noite das Mulheres. TEMOS O PODER. Êhrr hahaha
Brindamos duas cervejas e uma cantina para os nossos pedidos em uma garagem-bar...
E ainda fizemos um vídeo.

video


http://www.youtube.com/watch?v=b0nJJS3Qu_0

sábado, 16 de abril de 2011

Tô começando a achar...

"Que o meu remédio mesmo, é escrevinhar."

Bate outra vez...

Dor!
Meus dias têm estado bem nublados ultimamente... Trovejando e molhando bastante minha vida de uma tristeza insistente. Talvez uma tpm boba?! Talvez... talvez... talvez.
(
Sendo coisas ou não de mulheres apenas, não seria isso somente.)
É como uma bola de neve muito grande, que não aguenta mais estar no topo da montanha, e cai. [...e o meu coração é como vidro. ] by Belchior.
Então, quebra o sorriso que existia, a alegria, os finos traços coloridos no papel e desmancha qualquer vontade de escrever.
Bobagem talvez até seja, mas dói de verdade aqui dentro no peito. O fato é que não tenho tido muita vontade de escrever por aqui. Peço perdão a quem acessa este blog, procurando algo bom a ser lido, mas é certo que não tenho tido tanto ânimo para sequer animar alguém.

Ontem , estive na missa de um ano de morte da Amanda. Tudo foi muito triste.
Nossas lágrimas não se seguraram por nenhum instante pensando o porque de estarmos alí.
Um ano que se passou. Às vezes achávamos muito lento, às vezes pareceu tudo tão rápido.
A ferida ainda tá aqui.Tá aberta e sem data pra sarar...
Homenageamos com a música "Canção da América" M.Nascimento, ao final da missa. A família leu textos muito emocionantes. E eu consegui ler até o final a carta que eu fiz pra ela. Vimos um vídeo de algumas fotos dela, desde criança até a universidade.
Nossa equipe estava
alí, reunida, faltando um pedaço .... Eu, Chico, Danuta e Rafa.
Isso tudo é muito estranho e difícil , não só pra mim. Talvez o tempo nos conforte, mas a vontade de querer voltar atrás, sempre viverá...

Hoje, me emocionei de novo, mas fiquei muito alegre. O meu amigo
Sodré (Outra hora conto a nossa história por aqui) , que se preocupa bastante com as minhas fossas, ao tentar me alegrar hoje no msn, depois de um tempinho sem nos falarmos -Por ele ter adoecido e nem tava entrando pela net- foi bem sincero e disse:

Raimundo
Sodré diz:

tenho um mantra que me acompanha há anos , vê se te serve...

"Todo mundo quer amor
Todo mundo quer amor de verdade
Uma pessoa boa quer amor
Uma pessoa má quer amor,
Quer amor de verdade
Quem tem medo quer amor,
Quem tem fome quer amor,
Quem tem frio quer amor,
Quem tem pinto saco boca bunda cu buceta quer amor
Ele quer Ela quer
Ele quer Ela quer
Todo mundo quer amor de verdade
é dos bons tempos dos titãs.

[...]

Raimundo
Sodré diz:
"não me deixes, menina, ficar com sede de ti"...Escreva.



Obrigada meu querido, és muito considerado meu. Já já , volto à ativa e escreverei com mais frequência e sede pela poesia da vida...
Um grande abraço a todos por aqui!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

1 ano.


Hoje, 15 de abril de 2011, chove em mim e na cidade de Vigia.
É um dia muito triste pra mim e todas as pessoas que conviveram com a Amanda Ribeiro. Hoje , completa um ano que a nossa querida nos deixou. Caramba, como passou tão rápido, mas a saudade e a dor da partida ainda são muito cruas na gente.
Ainda hoje mesmom quando acordei, olhei pra foto dela que está na parede do meu quarto, e tantas coisas vieram à minha cabeça... nossas risadas, trabalhos, a voz dela. E as lágrimas...
Devia ser proibida a morte de pessoas tão novas, e principalmente, pessoas tão boas quanto a Amanda.
Agradeço de alguma forma , da vida ter nos feito cruzar caminhos.


[Homenagem às pressas, tô indo pra Vigia.]

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Ando tão à flor da pele.

"Ando tão à flor da pele
Meu desejo se confunde
Com a vontade de não ser..."

Gal Costa.

Interpretação de Zeca Baleiro.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Sá Marina.

Um conselho de : Antônio Adolfo - Tibério Gaspar
Interpretada por : Wilson Simonal.


Descendo a rua da ladeira
Só quem viu, que pode contar
Cheirando a flor de laranjeira
Sá Marina vem pra dançar

De saia branca costumeira
Gira o sol, que parou pra olhar
Com seu jeitinho tão faceira
Fez o povo inteiro cantar

Roda pela vida afora
E põe pra fora esta alegria
Dança que amanhece o dia pra se cantar
Gira, que essa gente aflita
Se agita e segue no seu passo
Mostra toda a poesia do olhar

Deixando versos na partida
E só cantigas pra se cantar
Naquela tarde de domingo
Fez o povo inteiro chorar

E fez o povo inteiro chorar

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Eu tô louca?

Há uma fina linha entre nossos desejos e a nossa distância.
E se eu apagar essa linha?
Hein?...

Que estagne essa violência.

"Tem certos dias em que eu penso em minha gente,
e sinto assim todo meu peito se apertar
...
e aí me dá uma tristeza no meu peito
feito um dispeito de eu não ter como lutar,
e eu que não creio, peço a deus por minha gente,
que vontade de chorar... "


Garoto, Chico Buarque e Vinicius de Moraes

=/

Talvez falte mais amor nessa humanidade. Talvez, falte mais educação. Talvez, falte mais humanidade ou talvez humildade...

Mas é certo que falte consciência do que é realmente a vida. De como se dá essa grande perfeição biológica de fecundação até nosso nascimento. Dos processos emocionais envolvidos ao redor de quando o ser está sendo gerado... Do ciclo social ao qual todos somos criados, crescidos, envolvidos...

Então , em um segundo para alguém , isto tudo, pouco importa. Simplesmente, se joga tudo para o alto, e nada nem ninguém, nem palavras conscientizarão este alguém sobre a vida? MAS COMO PODE???? Não entendo!

Nada se explica ato tão rude e cruel de tirar o direito à vida de qualquer ser que seja...



Que aquelas crianças, que foram cruelmente tiradas o direito de viver, estejam em paz.


segunda-feira, 4 de abril de 2011

Argh.

Sabe aquelas dorezinhas que a gente sente e que aperta o peito? Dói em um monte de lugares na gente, dá até uma vontadezinha de chorar de leve....
Mas essas coisas, são coisas que não se comenta com ninguém. Porque na verdade, nem a gente entende o que é ou porque dói.

[Pois é, to sentindo aqui!]

domingo, 3 de abril de 2011

Polly.



A nuvem delira
o vento sorri

a gente bebe
a saudade
e o mundo inteiro vive só pra ela sonhar!


[Minha mãe e meu pai babando da pequena, nos retratos. hehehheeh]

Beijonãomeliga.

Quando eu for mulher de verdade, lembrarei que tu me desprezaste em uma tarde de domingo. E a minha mesma brincadeira de criança vai te fazer chorar nas tardes da semana...

Dignidade em jogo. Eis a questão!

Eis a questão...
Eu perco a
minha dignidade ao sentar em uma mesa, em um dos Cabarés da Cidade Velha pra entrevistar as prostitutas e o cafetão me oferece duas doses de Campare?
Eu aceito e bebo tudo!
(???)

Não sou obrigada a ser mal educada...

Eu sou mesmo cara de pau e peço um cigarro. E o moço dá!

Sou quase só amor.

FALA EGOCÊNTRICA - PIAGET.

Eu já disse alguma vez por aqui que eu amo? Sim! Que EU AMO!
E o quanto eu amo?
Sabe? Amar qualquer coisa de graça mesmo ou paulatinamente aprender a amar...
Eu amo as pessoas que me envolvo seja sexualmente, artificialmente ou virtualmente. Eu amo os textos que eu leio, os que eu escrevo nem tanto. Amo o meu quarto, e até às vezes a bagunça dele me incomoda, mas amo também.
Amo os lugares que conheço, os corações que me enfio, as canções que me fazem flutuar, os sorrisos que me animam, as bocas roçam meu pescoço.
Não sou só amor também... Odeio milhões de coisas e sou um tanto séria. Mas não mordo ninguém.
Sou sincera e quando não consigo , não seguro minha opinião sobre algo ou alguém.
Sou calada, mas quando pego pra falar.. ahhhhhhh (Enjoe da minha voz.) heheheheh
Acreditem, sou tímida. Não sei dar em cima de ninguém... hehehe E tenho meus momentos sem vergonha. -Todo mundo tem néh?!
Sou muito desorganizada e atrapalhada...Talvez até, eu seja organizadamente uma bagunça de coisas, pessoas , dores, jardins, lugares... É, talvez!

Mas o que eu quero mesmo, é viver tudo o que eu tiver chance. Experimentar todas as coisas e sensações. Conhecer o desconhecido. Amar as as pedras e as flores sem distinção. Sentir e refletir.

Tento fazer isso, todos os dias. Acreditem!
Talvez, um dia, diremos tudo o que queríamos dizer...



"Queria te falar das minhas noites de insônia, de minhas lágrimas, do meu sofrimento, da minha dor e da minha paixão. '' Cazuza.


Um bom domingo.



Post Scriptum : Segundo Piaget, em sua teoria do desenvolvimento sobre a fala egocêntrica, o falante passa por pensamento autístico, fala egocêntrica para atingir o pensamento lógico, sendo o egocentrismo o elo de ligação das operações lógicas da criança. No processo de egocentrismo, a criança vê o mundo a partir da perspectiva pessoal, assimilando tudo para si e ao seu próprio ponto de vista, estando o pensamento e a linguagem centrados na criança. Mas isso é notável nos adultos também, e não é anormal de forma alguma. Todos falamos sozinhos, okay?

Sem medo de ser feliz... Vamos falar, falar e falar. =]

sexta-feira, 1 de abril de 2011

São todas minhas.

As cores de abril

"As cores de abril
Os ares de anil
O mundo se abriu em flor
E pássaros mil
Nas flores de abril
Voando e fazendo amor

O canto gentil
De quem bem te viu
Num pranto desolador
Não chora, me ouviu
Que as cores de abril

Não querem saber de dor

Olha quanta beleza
Tudo é pura visão
E a natureza transforma a vida em canção

Sou eu, o poeta, quem diz
Vai e canta, meu irmão

Ser feliz é viver morto de paixão."

Toquinho e Vinicius de Moraes


O mês de abril todo é meu.
Todas as cores e poesias deste mês, também são minhas...

[Egocentrismo.]


hahaha

Seguidores